top of page
acreditar-em-si.jpg

Conheça também nossas páginas sobre:

Contato


Economia Criativa

Moda Social

Pequena Empresa

Perguntas sobre Vendas

Pelas trilhas da Venda

Criatividade e Liderança

Empreendedorismo Social

Ação Social

Trabalho Voluntário

Blog

Agenda

Como mudamos!

Como?

Mudamos?



Os dois últimos anos transcorreram de forma atípica no nosso planeta e nós ouvimos muito, no início da pandemia, que a experiência nos transformaria, que o mundo não seria mais o mesmo depois deste susto generalizado pelo qual passamos.



Em um balanço pessoal, constato que poucas foram as mudanças, que com o passar dos dias, fomos nos adaptando, como sempre fizemos diante de todos os desafios que a vida nos trouxe, nos apresentou ou nos impôs historicamente.


O medo que, no início, nos aprisionou, rapidamente, foi substituído pela rotina revoltada, trazida pelo decorrer dos dias. Mesmo a morte acabou ganhando ares de normalidade, indiferença e distanciamento. Isso, para não falar em banalização.



Basta uma passeada rápida, de poucas horas pelos telejornais, para constatar que continuamos os mesmos. Que retomamos de onde paramos, lá em março de 2020, igualzinho, como se nada tivesse acontecido!



E olha que ainda se fala, lá no finalzinho do Jornal Nacional (bem rapidinho), que muitos milhares foram contaminados e que centenas morreram nas últimas 24 horas em virtude do COVID-19. Mas, são dois anos recebendo estas notícias diariamente, a gente nem liga mais, cansamos...


Agora temos a(S) guerra(S), os aumentos dos combustíveis, a volta da inflação, o dinheiro perdido nas contas… a corrida eleitoral que, certamente, vai esquentar a polarização e é vida que segue…


Finalmente as coisas voltaram a ser como eram antes…


Rogério Alves


"Nada e ninguém pode nos impedir de cumprir nosso papel, a não ser nós mesmos”, Marco Aurélio, no livro Meditações.



4 Comments


Modesto
Modesto
Mar 20, 2022

Meu Caro Rogério: lembro-me de muitos comentários pós-tragédia de 2011 de que muitas lições ficaram e que agiríamos de forma diferente. Que lições foram estas? Mudamos em que? Passados cerca de onze anos da tragédia, continuamos agindo da mesma forma do que antes. E o mesmo será em relação à covid. Infelizmente, reconheço que faço parte desta roda, somos muitos esquecidos, até porque a tragédia de ontem perdeu espaço para a tragédia de hoje. Enfim, não acredito que realmente ficarão lições pós-covid, até porque o vírus continuará por aí e só nos restará nos adaptarmos a ele, como fizeram os nossos ancestrais em relação à chamada gripe espanhola, cujo vírus continua por aí. É assim a vida.


Like
Rogério Silva
Rogério Silva
Mar 20, 2022
Replying to

Bom dia meu Amigo Modesto!

Obrigado por seu comentário, esse espaço é nosso. A intenção não é trazer as minhas verdades e sim, motivar ao pensamento, a reflexão.

Todas as calamidades provocam uma esperança romântica de mudanças que acabam não acontecendo na dimensão que gostaríamos.

O Blog é um espaço de trocas!

Rogério Alves


Like

Meu caro irmão, só não concordo quando você diz que continuamos igualzinho ao que éramos no início da Pandemia. Não. A Pandemia assim como todos os grandes desafios só trás transformação para quem deseja e está pronto. E muita gente aproveitou e usufruiu disso. Houve muito despertamento. A espiritualidade, por exemplo, nunca foi tão buscada, discutida e explorada. Há muitas mudanças ao nosso redor, estejamos atentos. Um abraço fraterno.

Like
Rogério Silva
Rogério Silva
Mar 20, 2022
Replying to

Bom dia meu irmão Wantuil!

Fico feliz com o seu comentário, o blog é este espaço para o levantamento de questões variadas.

Longe de mim ter razão!

Felizmente estamos em constante mudanças, somos seres em constante mudanças. A generalização é uma forma de provocação para o debate. Que bom que você veio participar.

Venha sempre com seus comentários, eles enriquecem a discussão.

Rogério Alves


Like
bottom of page