O Livro dos Espíritos

O Livro dos Espíritos: cento e sessenta e três anos …

Tudo que foi construído fica: casas, igrejas, prédios, ruas, avenidas, túneis, viadutos, pontes … adoro pontes, elas nos ligam a nossa própria história, que foi ficando por onde fomos passando, registrada por tudo que por um cuidado e esforço maior edificamos.

Quando alguém fala, as palavras - crianças, arteiras como são - saem inquietas correndo por aí e acabam se perdendo umas das outras. Perdidas, acabam se juntando ao acaso e nunca mais recobram a intenção de quando foram nascendo para vestir o pensamento de alguém.

Uma forma boa de preservar estas espevitadas juntas e fazendo sentido, cumprindo seu papel de salvar os pensamentos e os sonhos é escrevendo-as. Assim, elas não perdem o sentido, não se desapegam, permitindo que, ao lê-las, os homens revivam o sentido original sem risco de embaralhamento ou deturpação.

O livro dos Espíritos é o recipiente que colheu da nascente gota a gota, letra a letra, a ideia que desinibida gosta de se mostrar, de se deixar compartilhar sem censura, livre como elas deveriam sempre ser, namoradeiras, conquistando as mentes que conseguem manter suas portas e janelas abertas.

No dia 18 de Abril de 1857 um grande recipiente lotado de ideias fugitivas do egoísmo, foi compartilhado com todos que buscam respostas arrazoadas para as perguntas teimosas e bagunceiras; o Livro dos Espíritos é fruto de inúmeros olhos d'água que mesmo estando longe uns dos outros, em determinado momento foram direcionados, carreados por força maior para um só ponto onde gota a gota, letra a letra foram minando até formar ideias que encontraram um homem com as portas e janelas de sua mente escancaradas, reuniu tudo num trabalho precioso.

Agora, 163 anos depois é só escolher um lugar tranquilo e, aproveitando que alguém escreveu, ler todas elas, todas as gotas que vieram parar nas mãos de um homem que quis juntá-las e construir algo que ficou na nossa história como uma linda ponte; eu adoro pontes! 

 

As ideias estão lá, todas juntinhas, esperando a porta ser aberta para entrar e te ajudar a construir um maravilhoso edifício.

Rogério Alves

Bônus: uma linda mensagem do Canal Momento Espírita sobre a ponte com símbolo do Servir.

Este site tem como finalidade primeira criar um relacionamento baseado em nossas afinidades, conforme a web propicia.

 

Por isso, sinta-se à vontade para se comunicar por aqui (expresse sua opinião, deixe sua dúvida ou compartilhe sua necessidade).

Créditos

Imagens: https://pixabay.com/pt/ - uma comunidade vibrante de criativos, compartilhando imagens e vídeos com licença gratuita de uso.

O primeiro livro da Codificação Espírita, o LIVRO DOS ESPÍRITOS que veio a público em 18 de abril de 1857 e continua nos chamando a reflexões e aprendizados diversos.

Aqui, compartilhamos algumas impressões sobre esta importantíssima obra em seus aspectos científico, filosóficos e religioso.

Compreendi que se fazem necessários muitos caminhos, que todos eles nos levarão ao mesmo destino, somos impares e é natural que necessitemos de meios especiais que nos bastem e nos sustentem nesta viagem inevitável que a vida se nos oferece e proporciona.

Reflexionar é importantíssimo, levantar a cabeça, buscar o horizonte, contar estrelas, são posturas e sentimentos que nos levam a conquistas amplas, nos dando oportunidade de voltar para a casa depois de nos encontrarmos!

Os 161 anos de o livro dos espíritos - palestra

Veja a palestra na íntegra; conheça o Canal Fluidos Vitais:

Créditos

A porta na primeira foto é obra do artista Richard Woods.

A segunda, é uma foto do filme Killing Jesus, que você encontra no site National Geographic.

. Canal Fluidos Vitais

Caso sinta identificação, inscreva-se no Canal

Será um prazer fazermos contato!

  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Facebook Icon

Acreditar em si | Palestra motivacional

Rua Rosa Ribeiro, 236, sobrado, Conselheiro Paulino.
Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Cep: 28633 450

   Créditos

Agradecimentos aos facilitadores desse site: