Olá, meu nome é Rogério Alves da Silva e eu estou aqui para compartilhar aqui minha vivência no espiritismo.

Conheci o Espiritismo há uns 30 anos por intermédio dos familiares da minha esposa que foram os fundadores da Associação Espírita Bezerra de Menezes em Nova Friburgo; sempre frequentei e atuei em todos os trabalhos da Casa.

A partir de então, optei por uma abordagem que visa o objetivo final desta grande e maravilhosa caminhada, ofereço reflexões que se sustentam sobre os paradigmas do Espiritismo, mas, que propiciam uma utilização destes conceitos de forma universalista e prática.

Um salto ao desconhecido!

Dando uma olhada rápida no tempo presente:

- a ansiedade continua globalmente crescendo


- nascem um cem número de patologias modernas, cujo os nomes tornam-se jargões populares, todos falam… mas sente-se que ninguém tem conhecimento e segurança no falar; demonstrando um velado temor no enunciar


- muito mais rápido, crises aparecem nos levando a outras, gerando perda momentânea do Equilíbrio


- vemos uma transição bem rápida do que conhecemos nos puxando ao que desconhecemos, nos chamando a um salto desconhecido… ou ao que precisamos conhecer!

Vemos assim, em nós mesmos, que coisas funcionavam e estão deixando de funcionar, talvez nos chamando a mudar…

 
 

Na hora de mudar, você está pronto?

Muitas vezes, justo à hora de alguma Mudança, vemos que não estamos sequer preparados, quantos mais prontos!

Quando nos apercebemos disso devemos nos lembrar: é aprender que falta!

 

Tínhamos nos esquecido disso todo dia.

Isso porque não fizemos disso valor e nem prazer em nossas concepções de Vida e viver.

 

E perdemos o prazer infantil de aprender, juvenil de conhecer, e não queremos envelhecer prisioneiros de não poder mudar de estilo, de modo, de concepções; só porque estamos inseridos neste mundo!

 

No fundo sabemos que aprender não tem tempo e nem lugar, porque vem de dentro…


E traz Sentimento de vida, e nova!
Renova sempre…

E nossa inserção com o mundo, nos permitirá mudar? Como mudar?

Os Espíritas, os que estudam, os que não estudam muito mas trabalham, os que vão à Casa Espírita podem ler:

 

“Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sem cessar - tal é a Lei”

 

O túmulo de Kardec lembra essa máxima como Síntese de sua Obra: o Espiritismo.
 

Em outras palavras: o caminho evolutivo leva a mudanças que somos chamados a aprender e não SABER!

O Tempo é um dos meios à isso. O Espaço também! E junto vai a Encarnação. E o depois também…

 

Nessa lista, não pequena, de meios ao Movimento da Alma, temos os Fenômenos ditos transcendentes ao nosso conhecimento (enquanto no Espiritismo os compreendemos naturais) e à Ela podemos e devemos no votar (fazer votos): à Natureza!

 

Ter com com eles, os fenômenos, a Naturalidade do aprender, como “outros” fizeram e fazem… exemplificando, de modo simples o aprendizado na vida.

 

Transformando-se naturalmente, melhorando a Felicidade…

 
 

o Medo inconsciente de Crescer

O terceiro vídeo trata dele.


Não só aquele que o outro pode ter mas, sobretudo, aqueles que jazem em nosso inconsciente e ainda não ousamos modificar…

 

O medo inconsciente de Crescer nos leva diretamente ao interesse no fenômeno espírita sobre seu conteúdo.

 

Explica as diversas tendências de “fuga psicológica” ao estudo, à caridade, ao próximo…

 

Enfim, às mudanças necessárias, de modo geral.

Assista esse vídeo como um chamamento a seus próprios princípios, independente de qualquer outra Opinião.

 

Mesmo porque, somos nós mesmos os únicos responsáveis por nossas melhorias, nossa libertação ou não das possibilidades encarnatórias; de nossa Felicidade…

 
 

Buscando na Rede, Conteúdos Espíritas

Diante da questão dos cortes que desvirtuam o sentido da mensagem, alertada nesse vídeo, pesquisamos material de conteúdo que possa elucidar a questão com uma busca simples no Google, que aqui mostramos:


Usamos esse grupo de palavras-chave na pesquisa:
 

espiritualizar a matéria espiritismo

 

Esse era o tema, recorrente nos 3 vídeos, que apresentamos aqui. Assunto de estudo e prática que sempre norteou as Casas Espíritas, temas de palestras, etc..

 

Olhamos os sites e gostamos do 1º vídeo, à direita.
Tem o título: Desmaterializar para espiritualizar-se: Profº Rodrigues Ferreira (clique para conhecer)


A palestra foi realizada em 26 de fevereiro de 2018, na Associação Espírita “A Caminho da Luz”, em São José do Rio Preto, SP.

 

Sugerimos esse conteúdo do Palestrante, que tem duração de 01 hora e 20 minutos, tempo esse que, para muitos, pode ser excessivo como pesquisa.... 


Solução proposta: Como o professor fala muito tranquilo, se você quiser “acelerar o vídeo” para velocidade 2, ele aceita essa mudança sem grandes comprometimentos com o Conteúdo emocional do palestrante.

 

Amigo de Chico, (ele narra interessante passagem ao fim do vídeo), muito sincero e divertido, nos chama, de forma gentil e cativante, a essa proposta de mudança íntima em bases Reais, em nossa realidade, nosso tempo e disposições.

 

Apresentamos ainda a possibilidade de ver momentos da palestra segundo alguns tópicos que podem interessar. Cada item abaixo é um link para uma página. Clique para conhecer:

 

 

Conclusão

Sem tirarmos maiores conclusões, podemos sugerir que, na Rede Funcional da Web, encontra-se o maior acervo possível de livros, estudos de grupos espíritas, canais de palestras no Youtube, sites de Centros Espíritas que divulgam gratuitamente seu acervo, fruto do crescimento de seus membros: material em texto, áudio (os podcasts ou áudio-books) e vídeo.

Todo isso pode ser achado apenas buscando usar palavrinhas chaves adequadas à pesquisa e podemos garantir que o trabalho é mínimo e o encontro é o melhor possível.

Essa é a nossa sugestão em caso de dúvidas, além, é claro, da busca interna que pedimos em nosso íntimo através da prece.

Será um prazer fazermos contato!

  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Facebook Icon

Acreditar em si | Palestra motivacional

Rua Rosa Ribeiro, 236, sobrado, Conselheiro Paulino.
Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Cep: 28633 450

   Créditos

Agradecimentos aos facilitadores desse site: