Conheça também nossas páginas sobre:

Contato


Economia Criativa

Moda Social

Pequena Empresa

Perguntas sobre Vendas

Pelas trilhas da Venda

Criatividade e Liderança

Empreendedorismo Social

Ação Social

Trabalho Voluntário

Blog

Agenda

Adaptação & Inovação

É só um bate papo, topa?


Depois de 128 dias de uma nova realidade, penso que já nos habituamos à nova rotina e eu estou aqui: vivo e adaptado!


Comigo foi assim…


A ficha caiu, mesmo, no dia 19 de março às 14:22h, quando recebi um comunicado da empresa nos avisando que estavam suspendendo as atividades por 10 dias.


A minha Casa religiosa já estava em recesso e, diante da parada constatada e do isolamento social sentido na pele, no dia 20 de março, movido pela falta das atividades, gravei uma pequena mensagem de estudo e a publiquei no grupo de WhatsApp dos Trabalhadores da Casa.


Hoje, já são mais de 127 estudos publicados diariamente…

Clique aqui para conhecer o grupo de estudo diário. Se quiser fazer parte, basta se inscrever na página!


Além disso, me transformei num verdadeiro especialista em lavar louças...

Varri diariamente o quintal, escrevi, molhei o morango, caminhei, trabalhei, li muito, estudei bastante, fiz Live, assisti inúmeras… busquei aprender e apreender tudo que julguei importante.


Vivo me perguntando o que foi que mudou nesse tempo e... não consigo responder.

Talvez, eu tenha dificuldade de perceber mudanças e, por isso, deveria buscar possíveis respostas junto a outras pessoas mais observadoras... e é o que busco em vocês.



Penso hoje, que sempre estive aberto a mudanças. Nunca parei de aprender e, neste período em especial, minhas possibilidades só cresceram.

Nada parou, pelo contrário, fiquei mais ativo… passei a dormir menos, na busca de soluções e caminhos alternativos.


"O sucesso é construído à noite! Durante o dia, você faz o que todos fazem."


Agora, quando falam em voltar, eu só penso em seguir em frente, continuar a caminhar, não da mesma forma como antes, hoje sou outra pessoa! Não me recordo de como eu era... Assim como em dezembro, com certeza, eu não me lembrarei de como sou hoje…


Estamos em permanente mudança!

Na realidade, eu te trouxe até este ponto para falar do "poder de adaptação e inovação" - capacidades inerentes ao ser humano, que nos trouxeram até aqui como humanidade, de forma surpreendente, considerando tudo que tivemos que aprender e a vencer - força verdadeira que nos levará muito além.



Essa nossa capacidade é tão impressionante que é capaz de não nos deixar perceber, mensurar ou lembrar da própria mudança e transformação, sendo preciso muitas vezes que alguém nos diga; além de frustrar todos os técnicos, cientistas, especialistas, pseudos sábios e famosos quem… que não viram suas previsões se confirmarem diante de inúmeros desafios e percalços superados nestes últimos meses.


Fomos nos habituando tão surpreendentemente a tudo que surgiu e continua a aparecer, que até a morte ficou para trás; desde a primeira causada pelo COVID-19 em 12 de Março, até às mais de 85 mil já contabilizadas, que na sua maioria passaram a ser somente estatísticas e gráficos.


As notícias já não nos causam o mesmo abalo e comoção dos sentidos em março, em abril menos, maio menos ainda, junho elas já nos eram rotineiras e em julho já reclamos por novas notícias e ouvimos comumente:

-Não aguento mais, você liga a televisão e é só notícia desse Corona!



A vida insiste em seguir em frente, ela vai deixando tudo para trás para seguir seu caminho.


Eu sei que aqueles que perderam pessoas próximas sentem tudo isso de forma mais grave e marcante, mas mesmo esses seguirão em frente depois de um relativo luto natural as perdas.


E na vida profissional?

É impossível deixar de falar dela.

Neste setor, também as perdas foram tremendas. Tanto que cito como marcante o dia em que as fábricas iniciaram suas paralisações. Daí em diante, tive que buscar, com unhas e dentes, novos rumos que não aqueles seguidos até então.



Assim como eu, muitos outros fizeram o mesmo, sei de casos em que a crise foi combustível para um novo mercado, empresas que se reinventaram e estão passando pela experiência convictos de que não tem volta, que agora é seguir em frente com essa nova configuração e realidade.


Mas existem também casos de pessoas e empresas que, diante do inesperado, paralisaram e esperam até hoje que surja solução e planos para retomarem suas vidas e seus negócios.


O que aconteceu com você?

Com seus negócios?

Com seu emprego?


Comigo foi assim: Não perdi, em nenhum momento, o contato com meus clientes e representadas: mandei informativos, busquei notícias, apresentei soluções, falei do E-commerce e sua força como solução, compartilhei experiências entre eles.… Me mantive ativo, não tive nem um dia de férias nesse período.



Usei todo o tempo para trabalhar minhas redes sociais, algo que vínhamos falando muito em todos os treinamentos, palestras, projetos, workshops … e todos concordavam meneando positivamente a cabeça, mas, na hora onde todo esse arsenal e ferramentas poderiam e deveriam ser usados, o que se escutou foi um silêncio ensurdecedor, o que se viu foi uma inação, uma inércia quase mortal salvo raras exceções.


Minhas poucas habilidades e conhecimentos foram ampliados, busquei me capacitar um pouquinho mais e, ficando atento ao mercado como um todo e não só no meu segmento, encontrei casos incríveis de criatividade, flexibilidade, inovação, experiências que responderam positivamente ao inesperado e que me foram muito úteis como exemplo e motivação.


A verdade é que ninguém sabe mais sobre você do que você mesmo, ninguém conhece seu negócio melhor do que você, você é o especialista em sua vida.


Por isso não espere, não acredite que alguém que não te conhece, que não sabe nada sobre seu negócio vá trazer soluções mágicas.



A vida é um constante campo de novas experiências, não existem receitas prontas, é certo que desta vez ela se superou, aloprou mesmo, mas somos nós que vamos encontrar soluções e escolher o nosso caminho.


Acredite nos seus potenciais, não tenha medo de mudar, se não dá mais para seguir por este caminho mude de rota, não compre frases prontas como:


"Eu só sei fazer isso."

"Agora já não dá mais para mudar."

"Meu concorrente tá me matando."

"Não consigo lidar com tecnologia."

"Todos estão perdidos."

"Meus clientes não usam a web."


Escute tudo de quem possa e queira te ajudar, mas, tome em suas mãos o que serve pra você.


Tem hora que a vida nos fecha uma porta na esperança de que nós busquemos outra, onde ela possa florescer e dar frutos, às vezes ela precisa só sair da sombra.


A vida não vai parar...

nem pra você descer!


Rogério Alves.


O convite para opinar, aqui, é diferente!

Sua opinião ficará exposta e não será soterrada por outras e desaparecerá como nas redes sociais.

Por isso, se sentir vontade, deixe seu comentário logo abaixo.

Veja como fazer neste vídeo:

• crédito de imagens:

Freepik.com - acervo de imagens vetoriais gratuitos disponíveis no site: freepik.com

Pixabay.com - https://pixabay.com/pt/ - uma comunidade vibrante de criativos, compartilhando imagens e vídeos com licença gratuita de uso.

Pxhere.com - https://pxhere.com/ - um acervo de imagens livres de direitos autorais. Todas as imagens são liberadas sob Creative Commons CC0 para o domínio público.

Nota: essas empresas, assim como o Google, são empresas de Conceito. Trabalham na Rede e inovam dentro dela. Tais conceitos renovadores são possíveis devido aos processos dessa mesma Rede.













74 visualizações1 comentário

Será um prazer fazermos contato!

  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Facebook Icon

Acreditar em si | Palestra motivacional

Rua Rosa Ribeiro, 236, sobrado, Conselheiro Paulino.
Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Cep: 28633 450

   Créditos

Agradecimentos aos facilitadores desse site: