top of page
acreditar-em-si.jpg

Conheça também nossas páginas sobre:

Contato


Economia Criativa

Moda Social

Pequena Empresa

Perguntas sobre Vendas

Pelas trilhas da Venda

Criatividade e Liderança

Empreendedorismo Social

Ação Social

Trabalho Voluntário

Blog

Agenda

Dinossauro

Existem momentos que são escritos de forma indelével em nossa história, refletindo longa caminhada, linda viagem que ainda guarda belas paisagens nos esperando, doidas para serem descobertas.


De repente, alguém gritou lá no fundo da sala: dinossauuuuroooo…

Foi a primeira vez que me chamaram de dinossauro. Isso aconteceu num workshop, quando o palestrante perguntou aos presentes quantos anos de profissão cada um tinha. Ao final, ele perguntou se tinha alguém com mais de 20 anos. Foi quando eu disse que tinha trinta e quatro como representante comercial e: dinossaaaauuuuro…


A primeira vez a gente não esquece!


"Dinossauro", no mundo corporativo, é normalmente uma alusão feita a alguém que está ou será "extinto", por não ter condições de adaptar-se e sobreviver em um novo ambiente de grandes, profundas e contínuas transformações.


O mundo, como um todo, vem passando por transformações radicais e o corporativo por mudanças ainda mais rápidas e até disruptivas, o que vem exigindo do trabalhador uma grande capacidade de adaptação para se manter integrado e funcional.



A informatização, o autosserviço e atendimento, o home office, as redes sociais, etc. passaram a fazer parte, de forma inapelável do dia a dia dentro das organizações e na vida cotidiana de todas as pessoas que se sentem quase que "obrigadas" a se atualizarem.


O trabalho passou e passa por mudanças continuadas, exigindo revisão dos seus paradigmas que, muitas vezes, não chegam sequer a estabelecerem-se e já mudaram. Sendo necessário, assim, uma grande capacidade de observação e disposição que irão nortear as indispensáveis revisões de rota para a obtenção dos objetivos almejados.


Prêmio recebido por vender o maior número de produtos fabricados pela Elastan.

O trabalhador que desde o início da sua jornada já esteve aberto às inovações, que vem numa constante adaptação, mantendo-se atualizado e vivenciando as mudanças de forma natural, vai em frente naturalmente, movido pela experiência obtida pelos anos de atuação no mercado; esse, consegue permanecer e até crescer.


Estar atento e aberto às novidades é imprescindível para a sobrevivência e o sucesso. Idade e tempo de trabalho podem sim, serem transformados em fortes alavancas que irão multiplicar as suas capacidades e potenciais, facilitando a sua adaptação às mudanças constantes do mundo moderno e globalizado.



Mudar é difícil, não mudar é fatal.


Me sinto um Velociraptor!

Totalmente adaptado ao novo.


Rogério Alves


99 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page