top of page
acreditar-em-si.jpg

Conheça também nossas páginas sobre:

Contato


Economia Criativa

Moda Social

Pequena Empresa

Perguntas sobre Vendas

Pelas trilhas da Venda

Criatividade e Liderança

Empreendedorismo Social

Ação Social

Trabalho Voluntário

Blog

Agenda

Dor de Solidão

Atualizado: 4 de mai. de 2023



Meu peito está cheio de um vazio que dói,

abarrotado de saudades dos ausentes,

que deixaram de vir, me dando esse presente,

fico triste de acordar sem ver e ouvir gente.


Aqui dentro tem muito lugar para aconchegar,

tem assuntos de sobra, doido para prosear,

disposição para aprender e prazer em ensinar,

falando sem pressa e um gosto por escutar.


Não sei se afastei-me ou se só me fechei,

Acabei ficando só e, tanto, que deu pra doer.

As horas passam vazias e eu aqui a esperar,

por alguém que chegue e venha me abraçar.


Rogério Alves



Crédito:

. Poema e Leitura: Rogério Alves

. Música:Música: Basketliner - Bitters - dos Estúdios "blue dot sessions". Veja no site deles:

Veja no Youtube:

no Youtube Music:


Se gostou, veja o álbum Amargas no site deles:

no Youtube:



O grupo cria áudio gratuito para conteúdo e por prazer. São referência e fonte de música para os criadores de Conteúdo, o que muito agradecemos.

160 visualizações1 comentário

1 Comment


Fátima Rosa
Fátima Rosa
Jul 10, 2023

Uma pessoa se abraçando, abarrotado de ausência, dolorosa e solitariamente, como uma caldeira sob pressão, escorrendo tinta vermelho sangue, a cor da saudade, cabeça baixa bem encolhida, mas com anseio por se doar, a espera de alguém que liberte seus braços.

Like
bottom of page