top of page
acreditar-em-si.jpg

Conheça também nossas páginas sobre:

Contato


Economia Criativa

Moda Social

Pequena Empresa

Perguntas sobre Vendas

Pelas trilhas da Venda

Criatividade e Liderança

Empreendedorismo Social

Ação Social

Trabalho Voluntário

Blog

Agenda

O Gato na Árvore


gato da Alice no País das maravilhas

Às vezes, é preciso parar e colocar no "papel" o que queremos. Não dá para improvisar a todo instante; e a cada circunstância que a vida nos apresenta, reagirmos, tirando da cartola uma resposta que resolva o impasse da melhor forma, só para seguirmos em frente.


Por outro lado, planejar é traçar uma rota até o que queremos e, a partir de então, se empenhar para que tudo se encaminhe na direção de nosso objetivo, trabalhando para que nada impeça o sucesso do nosso "projeto".


livro regando um cérebro em forma de verdura simbolizando que o conhecimento é fundamental pra nosso desenvolvimento

Vou me ater aqui às viagens de férias, algo de que uma grande maioria das pessoas se excluem, tendo-as como uma coisa fora da sua realidade, privilégio só de alguns… e ainda se dizem: "Isso não é pra mim"... mas vejam só.


Tem um programa na TV e redes sociais chamado "Ruas Mundo Afora", onde o apresentador Rodrigo Ruas mostra viagens maravilhosas, dá dicas de roteiros fantásticos e sempre termina o programa dando o custo da viagem e dizendo: "Não há destino impossível, o que tem é falta de planejamento". Será?


vários pontos de viagem saindo da mala

E ainda, para contradizer os que se acham excluídos, tem gente que promove aquilo que começa como um sonho em um objetivo real, busca informações de como realizar, coloca as mãos na massa e vai passo a passo, executando, tudo dentro do seu tempo e de suas condições até conseguir.


Como diz o Gato de "Alice no país das maravilhas": "para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve" e, aí, as férias chegam e nos pegam de surpresa, sem nenhum plano, um prato cheio para a frustração e para a exclusão voluntária que abraçamos.


Não, não deixe que te digam que isso não é para você; não se submeta ao senso comum; abrace seus sonhos e os transforme em um projeto. Vá, mês a mês, cumprindo as etapas e você chegará ao seu objetivo.


passaporte, globo, avião

Para que os nossos sonhos se transformem em realidade, é necessário muito empenho e comprometimento, querer, querer muito romper com uma estrutura feita para aniquilar os nossos projetos.


Planeje, comece suas viagens pelas excursões e depois vá por sua conta e risco, é muito bom! Viajar é sempre uma aventura.


Hoje falamos só das viagens, mas, essa receita vale para quase tudo na vida.

Quase?


estrada com o planeta Terra ao fundo.
Quase já é um pezinho na estrada pra começarmos… E o começo é só o começo do infindável enfim.

Rogério Alves


86 visualizações0 comentário
bottom of page