Conheça também nossas páginas sobre:

Contato


Economia Criativa

Moda Social

Pequena Empresa

Perguntas sobre Vendas

Pelas trilhas da Venda

Criatividade e Liderança

Empreendedorismo Social

Ação Social

Trabalho Voluntário

Blog

Agenda

A última porta

Imaginemos, estamos em um corredor bem comprido, onde dos dois lados temos portas uma em seguida da outra; ao abrir uma porta nos deparamos com paisagem desconhecida e pouco favorável.



Ao constatarmos a realidade desvelada que demanda vontade, trabalho, disposição e dedicação, retornamos rapidamente e a fechamos, buscando a tranquilidade do corredor.


Passado o choque daquela experiência, procuramos uma nova porta que não aquela, esperançosos de encontrar uma paisagem mais favorável e, assim, seguimos de porta em porta até que, no final do corredor, você constata ter fechado a última porta, concluindo que não existe, como se pensava, uma que fosse mágica.


Ali, parado e pensativo, você olha para trás vendo o extenso caminho percorrido e, fazendo um balanço, tenta lembrar o que tinha em cada uma e admite ter ficado tão pouco tempo lá, que não se lembra do que viu nas primeiras, e que todas acabaram se confundindo num quadro impreciso.


Diante da inexistência de um mundo dourado, pronto, esperando por mim, o que fazer agora?


O corredor está cada vez mais lotado, repleto dos que buscam portas mágicas, que os leve à paisagem tranquila, a um ambiente favorável e que demandem pequeno ou nenhum esforço em sua transformação...


Agora… Bem, agora é escolher uma delas e fazer ali o que der para fazer com o tempo que resta…


A vida nos pede movimento!


Ouço muito sobre ter sorte, jeito, facilidade, talento nato, ser abençoado... palavrinhas e expressões mágicas que tentam explicar resultados positivos em todos os setores da vida.


Forma de pensar sobrenatural e mágica que coloca em cheque alguns valores como os religiosos e os filosóficos, que contrariam a lógica, a razão e o bom senso.


Algo como se uma força misteriosa escolhesse e presenteasse, à revelia, um certo número de pessoas, enquanto uma outra força má agisse da mesma forma na distribuição de "atributos" contrários aos vistos como positivos e facilitadores de uma vida leve, que distribuísse azar por exemplo!


Teoria e crença aniquiladora de valores como: esforço, dedicação, perseverança, objetividade, coragem, confiança... e até a resiliência, em moda e mal compreendida.



Busca-se muito a instantaneidade, o imediatismo de forma alucinada! É comum um jovem de 15 anos já ter uma vasta "experiência": dois meses em violão, balé, artes marciais, vôlei, futebol, natação, piano, inglês…


Quando se diz estar há 32/33 anos na mesma profissão, olham com espanto.

Em uma mesma empresa há quase 25 anos, dizem que se é um dinossauro.

Casado há 37 anos é algo visto com estranheza, impensável mesmo nos dias atuais.


Penso que a expressão dinossauro, no mundo corporativo, venha acompanhada, sempre, do pensamento de próximo da inevitável extinção.

Será mesmo?


Quando (a meu ver) o prazer é olhar para trás e ver o quanto você pôde colaborar positivamente com a transformação da paisagem que encontrou um dia, na porta escolhida. Perceber como foi possível crescer com as suas experiências, acreditando sempre no potencial de aperfeiçoamento humano em todas as áreas.


O melhor, penso eu, é saber que ainda temos portas a serem abertas se necessário for, que elas trarão novos desafios que, por certo, exigirão luta.


E perceber, alegre, que ainda nos sentimos capazes de perseverar corajosamente e pavimentar um novo caminho com nosso trabalho!


Não existe sorte, o sucesso é resultado do esforço pessoal, da dedicação, do cuidado com os detalhes, dos finais de tarde/noite buscando fazer os dias mais produtivos, dos finais de semanas estudando, se qualificando...


Transforme positivamente o meio onde você está situado, cultive a felicidade, e quando ela florir, oferte suas mudas para o maior número de pessoas que conseguir encontrar, peça a elas que façam o mesmo.


A ideia é formar um imenso e lindo jardim, fruto do trabalho e da dedicação!



Rogério Alves.


Será um prazer fazermos contato!

  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Facebook Icon

Acreditar em si | Palestra motivacional

Rua Rosa Ribeiro, 236, sobrado, Conselheiro Paulino.
Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Cep: 28633 450

   Créditos

Agradecimentos aos facilitadores desse site: