acreditar-em-si.jpg

Conheça também nossas páginas sobre:

Contato


Economia Criativa

Moda Social

Pequena Empresa

Perguntas sobre Vendas

Pelas trilhas da Venda

Criatividade e Liderança

Empreendedorismo Social

Ação Social

Trabalho Voluntário

Blog

Agenda

Voluntariando-se

A vida é sempre vida, seja qual for a forma através da qual se oculte.


O grande desafio que enfrentamos cotidianamente é o de colocarmos o eu em segundo plano, elegendo o outro como alvo das nossas atenções e cuidados.

Esta experiência inabitual pode nos levar a uma aventura impactante, um verdadeiro desafio que vai frontalmente contra tudo aquilo a que fomos condicionados, em um verdadeiro treinamento.

Onde, desde os primeiros passos nos estimulam a sermos os melhores, ainda dentro do seio familiar a: andar o mais precocemente, antes que todos os nossos priminhos; deixar as fraldas antes que toda a vizinhança; não bastando falar "cedo", é moda ensinar palavras de complexa pronúncia…

Levados um pouco mais tarde, levamos nossos filhos bem mais cedo para a escola, e eles levaram ou levarão os nossos netos ainda antes, onde aí sim fomos, foram e serão treinados para "vencer na vida" a qualquer custo.

Geração após geração, esperamos que sejam os mais precoces, os mais inteligentes, os mais espertos, os mais bonitos… e os mais bem sucedidos financeiramente, mesmo que para isso se “matem” de tanto trabalhar.

Parece que estamos ficando um tiquinho mais egoístas; temos estado um pouquinho mais isolados; tendendo à solidão, fechados em nosso mundo, em busca dos grandes resultados que esperam e até exigem de nós.

Uma experiência que mudou e continua mudando minha vida, é a de ser voluntário em uma instituição filantrópica. Estar ali, vivenciar uma realidade dura, distante da minha atualmente, tem feito muito bem a minha vida, ajudando-me com minhas angústias, frustrações, recalques, … abrandando minhas culpas, remorsos, acalmando o meu ego.

Pra mim tem sido muito bom e libertador, uma nova possibilidade que me dá grande prazer, me proporcionando múltiplos aprendizados.

Voluntarie-se, integre-se em trabalhos em prol do outro, coloque o eu em segundo plano, dê do seu tempo, dos seus potenciais, aja sem interesse pessoal e você vai experimentar algo inédito e extremamente prazeroso.

A recomendação não é minha, ela é divina e tem como fundo o exercício do amor ao próximo.

Permita-se!

Aventure-se positivamente!

Rogério Alves




70 visualizações0 comentário